PRÉ-NATAL REALIZADO POR ENFERMEIROS NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA E A REDUÇÃO DA MORTALIDADE MATERNA E INFANTIL

Autores

  • Felipe Castro Felicio Universidade Federal Fluminense
  • Valdecyr Herdy Alves Universidade Federal Fluminense
  • Audrey Vidal Pereira Universidade Federal Fluminense
  • Enimar De Paula Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.18616/inova.v13i1.3599

Resumo

Esta pesquisa tem por objetivo analisar, na bibliografia nacional, os trabalhos publicados sobre o acompanhamento do pré-natal realizada por enfermeiros como medida de prevenção à mortalidade materno-infantil. Estudo de abordagem de revisão bibliográfica, tendo como questão norteadora o acompanhamento de pré-natal na Estratégia Saúde da Família e sua relação com a redução da mortalidade materna e Infantil. Buscaram-se as informações em referenciais nas bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Scientific Eletronic Library Online (SciELO). Percebeu-se que a captação precoce, a disponibilidade de atendimento e as atividades educativas desenvolvidospelos Enfermeiros têm ajudado a diminuir os índices de mortalidade materna e infantil. Vários estudos apontam que um pré-natal de qualidade evita o baixo peso ao nascer e a prematuridade, culminando com a redução da mortalidade infantil, pois quanto mais cedo iniciado o pré-natal e quanto melhor a assistência prestada, menores são as complicações gestacionais.

Biografia do Autor

Felipe Castro Felicio, Universidade Federal Fluminense

Enfermeiro Obstetra, Enfermeiro de Saúde da Família e Comunidade, Mestrando em Saúde Materno-Infantil, Universidade Federal Fluminense. Rio de Janeiro, Brasil.

Valdecyr Herdy Alves, Universidade Federal Fluminense

Enfermeiro, Doutor em Enfermagem, Universidade Federal Fluminense/UFF. Rio de Janeiro, Brasi

Audrey Vidal Pereira, Universidade Federal Fluminense

Enfermeiro Obstetra, Doutor em Saúde Pública, Fundação Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, Brasil

Enimar De Paula, Universidade Federal Fluminense

Enfermeiro Obstetra, Mestrando em Saúde Materno-Infantil, Universidade Federal Fluminense. Rio de Janeiro (RJ), Brasil

Downloads

Publicado

2022-11-03

Edição

Seção

Gestão em Saúde