EXPRESSIVIDADE ESTÉTICA E DECOMPOSIÇÕES IMAGÉTICAS NA CONTEMPORANEIDADE

Autores

  • Bruno Pucci UFSCar

DOI:

https://doi.org/10.18616/ce.v13i1.7881

Resumo

No contexto da proposta do Seminário “Decomposições Imagéticas da Condição Humana em Tempos Desafiadores” – que se propõe a fazer aproximações entre o que chamamos de ‘nova’ condição humana e a necessidade de uma educação estético-formativa, a fim de propor uma educação crítica e criativa que possa se contrapor às formas reducionistas da educação contemporânea –, vou dialogar com as obras de Theodor Adorno: Minima Moralia (1944-1947), Dialética do Esclarecimento (1944), Dialética Negativa (1966), Teoria Estética (1970) e Educação e Emancipação (1971) – na busca de imagens cognitivas, metafóricas, afetivas, que podem ser pensadas contra a predominante racionalidade instrumental, como também na construção de uma proposta educacional mais adequada aos difíceis dias (em) que estamos vivendo.

Downloads

Publicado

2024-02-23