FORMAÇÃO DE EDUCADORES PARA O SUS: UM OLHAR NARRATIVO SOBRE OS PROCESSOS FORMATIVOS E AS POLÍTICAS EDUCACIONAIS DE SAÚDE

Autores

  • José Wilson da Silva IFSertãoPE
  • Kélvya Freitas Abreu IFSertãoPE

DOI:

https://doi.org/10.18616/ce.v13i1.8527

Resumo

Este estudo explora o processo de formação de educadores em saúde no Brasil, concentrando-se na formação inicial, educação continuada e políticas de educação permanente no âmbito do serviço público de saúde. A pesquisa analisa a eficácia dessas políticas nas práticas educativas e seu impacto nos serviços primários de saúde, refletindo sobre diversos espaços de educação em saúde e no ensino e aprendizagem para o autocuidado. Trata-se de um estudo narrativo explicativo, conduzido por meio do acesso a bases de dados como Scielo, Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) e a plataforma Google Acadêmico. A seleção de publicações, revisadas por pares e com até cinco anos, seguiu este recorte temporal. O percurso metodológico baseou-se em categorias que visavam compreender as políticas de educação permanente em saúde no contexto da formação continuada, destacando os espaços públicos de atenção primária em saúde como ambientes não formais de ensino e aprendizagem , como resultado destaca-se ainda a persistência de um modelo de ensino hegemônico voltado para o saber técnico-científico com foco no conteúdo.

Downloads

Publicado

2024-02-23