A NATUREZA COMO POSSIBILIDADE DE BRINCAR, CRIAR E IMAGINAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL: AS ABORDAGENS DE REGGIO EMÍLIA E GANDHY PIORSKI

Autores

  • Joice Peres Martins
  • Gislene Camargo

DOI:

https://doi.org/10.18616/rsp.v6i1.7248

Resumo

RESUMO: A imaginação e a criatividade podem ser desenvolvidas na Educação Infantil por meio do brincar. Portanto, a escolha do tema dessa pesquisa, se deu devido às observações feitas em instituições de Educação Infantil, onde as crianças tinham brinquedos à sua disposição, mas preferiam os potes, gravetos, pedras e as folhas espalhadas pelo parque. Durante a graduação, vimos abordagens que desenvolvem seu processo didático-pedagógico baseadas nos elementos naturais, o que instigou a elaboração do problema da pesquisa: Quais as possibilidades que os elementos naturais, podem oferecer para o desenvolvimento da imaginação e da criatividade na Educação Infantil? Buscou-se como objetivo geral, compreender as possibilidades que os elementos naturais oferecem para o desenvolvimento da imaginação e da criatividade das crianças. A metodologia aplicada à pesquisa foi a bibliográfica, com abordagem qualitativa. Com base nos autores Vygotsky (2014), Rinaldi (2014), Barbosa; Horn, (2008), Louro (2013), Piorski (2016), entre outros, desenvolveu-se a pesquisa bibliográfica. Por fim, concluiu-se que a Educação Infantil necessita possibilitar espaços diferenciados, sair das salas de referências e ir para o gramado, para a areia, pisar nos pedriscos, desafiar a criança a pensar, imaginar e criar por meio de suas sensações e ainda criar para si e para o grupo, referências afetivas. Ter o contato com a natureza e sentir-se parte dela, contribui para a preservação do ambiente e da vida. PALAVRAS CHAVE: Educação Infantil. Brincar. Natureza. Imaginação e criatividade.

Downloads

Publicado

2022-07-07