O ENSINO DA ARTE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL SOB A PERSPECTIVA DOS DOCENTES DO CAP/CEBRAV DE GOIÂNIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18616/ce.v13i1.7675

Resumo

Este estudo objetivou compreender a relevância da arte para os processos de ensino e aprendizagem da pessoa com deficiência visual, a partir da perspectiva de docentes do CAP/CEBRAV de Goiânia. Nesse sentido, foi desenvolvida uma pesquisa exploratória, com a utilização de questionários aplicados a professores que trabalham com discentes com deficiência visual. Os dados obtidos foram analisados à luz da teoria histórico-cultural proposta por Vigotski e colaboradores. Como resultados, enfatizamos que o ensino de arte adaptado para as pessoas com deficiência visual é de grande importância, pois promove o desenvolvimento de habilidades motoras e espaciais, outrossim, contribui para novos/outros processos de aprendizagem significativos, favorecendo também o seu desenvolvimento holístico como sujeito autônomo, inserido em um contexto sociocultural.

 

 

Biografia do Autor

Michell Pedruzzi Mendes Araújo, Universidade Federal de Goiás

Professor adjunto da Universidade Federal de Goiás

Doutor e mestre em Educação (UFES)

Pedagogo (CESUMAR) e biólogo (UFES)

Jane Vieira dos Santos, Universidade Federal de Goiás

Licenciada em pedagogia- Universidade Federal de Goiás

Eliana Passos da Silveira, Universidade Federal de Goiás

Licencianda em pedagogia- Universidade Federal de Goiás

Downloads

Publicado

2024-02-23