EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR NO CURRÍCULO BASE DO TERRITÓRIO CATARINENSE: DISTANCIAMENTOS E APROXIMAÇÕES

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18616/ce.v11i1.7295

Resumo

O presente artigo tem como principal problemática refletir sobre as especificidades da educação física, como componente curricular, no âmbito do Currículo Base do Território Catarinense (2019). Tomamos como hipótese que trata-se de um processo de ruptura dos pressupostos teórico-metodológicos dispostos no documento anterior, a Proposta Curricular de Santa Catarina (2014), bem como de uma aproximação com os pressupostos contidos na Base Nacional Comum Curricular (2018). Para tanto, recorremos a uma pesquisa documental a partir das orientações de Severino (2015) no que tange o processo de leitura, análise e interpretação de textos. Os resultados demonstram que a influência da BNCC sobre o Currículo Base do Território Catarinense (2019) caracteriza um afastamento da Proposta Curricular de Santa Catarina (2014) no âmbito da educação física escolar. Compreendemos, portanto, que há uma ruptura dos pressupostos teórico-metodológicos do documento que precede o Currículo Base do Território Catarinense.

Biografia do Autor

Talita Santos Cornélio, Unisul

Mestre em Educação pela UNISUL.

Matheus Bernardo Silva, Unisul

Doutor em Educação pela UNICAMP. Mestre em Educação pela UFPR. Licenciado em Educação Física pela UNESC. Professor Permanente no Programa de Pós-Graduação em Educação da UNISUL.

Referências

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2018. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf>. Acesso em: 06. Jun. 2022.

GALVÃO, A. C.; LAVOURA, T. N.; MARTINS, L. M. Fundamentos da didática histórico-crítica. Campinas: Autores Associados, 2019.

MAGALHÃES, G. M.; MARTINS, L. M. Onze teses sobre a relação entre psicologia educacional e pedagogia escolar. In: GALVÃO, A. C.; SANTOS JÚNIOR, C. L.; COSTA, L. Q.; LAVOURA, T. N. (Orgs.). Pedagogia histórico-crítica: 40 anos de luta por escola e democracia. Vol. I. Campinas: Autores Associados, 2021. p. 19-35.

MALANCHEN, J.; SANTOS, S. A. Políticas e reformas curriculares no Brasil: perspectiva de currículo a partir da pedagogia histórico-crítica versus a base nacional curricular comum e a pedagogia das competências. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 20, p. e020017, 2020. DOI: 10.20396/rho.v20i0.8656967. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8656967. Acesso em: 13 out. 2021.

MARTINS, L. M. O desenvolvimento do psiquismo e a educação escolar: contribuições à luz da psicologia histórico-cultural e da pedagogia histórico-crítica. Campinas: Autores Associados, 2013.

RAMOS, M.; PARANHOS, M. Contrarreforma do ensino médio: dimensão renovada da pedagogia das competências?. Retratos da Escola, [S. l.], v. 16, n. 34, p. 71–88, 2022. DOI: 10.22420/rde.v16i34.1488. Disponível em: https://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde/article/view/1488. Acesso em: 08. jun. 2022.

SANTA CATARINA. SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO. Proposta Curricular de SC-2014. [s.d.]. Disponível em: https://www.sed.sc.gov.br/professores-e-gestores/16977-nova-proposta-curricular-de-sc-2014. Acesso em: 20 nov. 2021.

SANTA CATARINA. Proposta Curricular do Estado de Santa Catarina: formação integral na Educação Básica. 2014. Disponível em: http://www.sed.sc.gov.br/professores-e-gestores/16977-nova-proposta-curricular-de-sc-2014. Acesso em: 30 nov. 2020.

SANTA CATARINA. SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO. Currículo Base da Educação Infantil e do ensino Fundamental do território catarinense é entregue ao Conselho Estadual de Educação. 2019. Disponível em: http://www.sed.sc.gov.br/secretaria/imprensa/noticias/30338-versao-final-do-curriculo-base-da-educacao-infantil-e-do-ensino-fundamental-do-territorio-catarinense-e-entregue-ao-conselho-estadual-de-educacao. Acesso em: 30 nov. 2020.

SAVIANI, D. Educação: do senso comum à consciência filosófica. 19. ed. Campinas: Autores Associados, 2013.

SAVIANI, D. História das ideias pedagógicas no Brasil. 6. ed. rev. ampl. Campinas: Autores Associados, 2021.

SEVERINO, A. J. Metodologia do trabalho científico. 23. ed. 12. reimpr. São Paulo: Cortez, 2015.

VIOTTO FILHO, I. A. T. Teoria histórico-cultural e suas implicações na atuação do professor de educação física escolar. Motriz, Rio Claro, v.15 n.3 p.687-695, jul./set. 2009.

Downloads

Publicado

2022-10-17